29 junho, 2009

Daqui a 10 anos•••

Onde e como você pretende estar daqui a dez anos?

Quando o relógio do tempo marcar mais uma década, a partir de hoje, você poderá estar exatamente onde e como quiser.

É bastante querer, planejar e começar a executar o seu projeto de vida.

Uma boa parcela da humanidade viaja nos sonhos de riqueza, luxo e ostentação, como se a vida fosse totalmente dedicada ao exercício da plenitude e extravagância do viver com todos os caprichos e sofisticação que a imaginação consiga alcançar.

A maioria apenas continuará sonhando.

Mas é certo que uns poucos indivíduos da parcela restante, além das conquistas materiais, pretendem vencer na vida, superar as dificuldades, deixar para a próxima geração um grande exemplo de dignidade, de perseverança e respeitabilidade.

Estes fazem alguma coisa para alcançar o ideal estabelecido.

Na verdade, qualquer que seja a sua meta para daqui a dez anos, não importa. O grande desafio é que você tem que começar a executá-la exatamente agora, neste momento, senão estará assumindo o risco de postergar seu sonho, renunciar às suas ambições e, pior, covardemente deixar quedar-se no tempo como um pária, vencido pela própria convicção.

A reação é a arma de que você dispõe de imediato; o saber é o grande instrumento que pode levá-lo em direção a qualquer rumo, qualquer canto geográfico do universo, ou ainda, claro, alçá-lo ao topo de qualquer sonho.

Mas é preciso querer.

Depois de querer é preciso agir - e agir de pronto, sem hesitação. Só assim estes primeiros minutos dos próximos dez anos já começarão a correr em seu benefício e não contra o resto de tempo de que você dispõe neste mundo.

Estamos no limiar do terceiro milênio; é tempo de decisão, ainda há chance de vencer o tédio e a resignação.

Afinal, você - e só você - poderá colorir e dar vida aos sonhos para além dos próximos dez anos dessa existência.

Solte-se das amarras da inércia, erga-se, não se deixe resignar.

Retirado do site: http://www.jurisway.org.br/v2/dhall.asp?id_dh=690

Nenhum comentário:

Postar um comentário