10 agosto, 2009

Esse é meu Pai

Nunca é tarde para homenagear aquele que está fazendo tudo para ver sua família mais unida e feliz: meu pai. Seu nome é José, mas para os intimos Alemão.
Eu agradeço a Deus por ter um pai que me ensinou a importancia do trabalho, de frenquentar a casa de Deus e participar dos grupos da igreja, pelos seus conselhos e por sempre por estender a mão quando a gente mais precisa. Seus ensinamentos irá nos preparar para passar para nossos filhos e netos.

Te Amo muito Papai!

2 comentários:

  1. OLá amiga, pelo o que me exemplificou não me pareceu um exagero. Esse processo é bem eficiente para quem faz abusos por algum motivo, pode ser que este não seja seu funcionamento.
    Estava triste, mas comeu pouco, pois meio prato de salada e meio bife não significa exagero. Acho bem positivo o fato de mesmo estando triste, não encher o prato de comida como compensação.Quem sabe então, ver o que está te deixando triste e tentar ver as possibilidades de resolução.
    Um beijo grande

    ResponderExcluir
  2. Oi Ju, obrigada pela participação no meu blog.
    As balanças variam mesmo,não tem como deixá-las aferidas iguais, o importante é pesar sempre na mesma. Beijocas!!

    ResponderExcluir