21 maio, 2010

A tempestade vai passar.


Olá gente que sempre me acompanha lendo meu blog. Hoje, não tenho palavras para descrever o que ocorreu pela manhã. Estava fazendo café para minha sogra quando minha mãe liga pedindo que fosse na casa dela naquela hora. Fui. A pressão dela estava alta, porque minha sobrinha de 12 anos saiu com algumas colegas após o trabalho e não voltou para sua casa. Ela trabalha só meio período em uma fabrica de sapados. Estuda de manhã e trabalha à tarde. Enquanto meu pai foi buscá-la de táxi, levei minha mãe ao PAM, onde foi medicada. Fiquei um pouco com ela e voltei para casa, para fazer o almoço de minha sogra, que é cadeirante. Amigas, não o proquê de eu estar tremendo tanto. Em casa, comecei a chorar. Minha sobrinha virar para morar aqui. E tenho certeza que irei visitá muito, conversar com ela e se a avó paterna permitir passear com ela.

Por isso oração para minha família, para mantermos calmos e saibamo dar o melhor conselho a essa menina.

Agradeço de coração seus comentários e que todos ficam com Deus.

4 comentários:

  1. Olá amiga, estar com pessoas sob nossa responsabilidade nos causa preocupação. Vão ter que coloar regras claras e fazê-la cunmprir, senão terão dores de cabeça constantes. Bjks

    ResponderExcluir
  2. Nossa, lindona. Espero que tudo se resolva logo. Beijiinho

    ResponderExcluir
  3. Oi querida, primeiro obrigada pelo selinho, assim que meu blog resolver cooperar, estou tendo problemas em colocar os selinhos, vou leva-lo ok?
    É uma idade complicada, como mãe de um adolescente te digo que o melhor é conversar bastante, más deixar bem claro que existem limites, e que ela terá que cumpri-los.
    Ainda mais que está trabalhando, está se achando dona do prórpo nariz, más não é assim.
    Vou rezar pra que tudo se resolva ai.
    bjs

    ResponderExcluir
  4. Oi,Querida!Tenho certeza que tudo irá se resolver da melhor forma possível, adolescentes são complicados mesmo,mas tenha fé.
    Cuide-se!
    um ótimo findi!
    beijosss

    ResponderExcluir